sábado, 15 de maio de 2010

Os meus dias














Não quero os dias vazios,
quero dias cheios de gente,
repletos de choro e risos.
Quero que os dias sejam meus
Quero que sejam nossos.

Quero viver,
quero os riscos da vida
que viver é arriscar sentir
a dor, a alegria, as ânsias
o amor e também o ódio
a tristeza e a felicidade
Tudo o que seja contraditório.

Não quero dias vazios
Quero dias preenchidos de vida
Cheios de tudo e coisa nenhuma
Não quero dias banais
Quero tudo e muito mais.
Quero viver!
Não apenas passar pela vida
De rompante ou de fugida!

2 comentários:

Grafite disse...

"...quero dias cheios de gente,
repletos de choro e risos.
Quero que os dias sejam meus
Quero que sejam nossos."

também queeero!
me senti tanto nessas palavras!

beiijo
*.*

Luz disse...

São dias como estes que também quero! Não quero passar pela vida ou, que a mesma passe por mim sem que seja vivida na sua plenitude.
Não quero fugir do que a vida me presenteia todos os dias, seja riso ou choro, seja o que for eu quero sentir e viver só assim poderei saber ser.

Abraço da Luz