domingo, 17 de fevereiro de 2008

A Deus Peço ....


Talvez até nem eu saiba
Que me fazes assim tão bem
Talvez eu às vezes me esqueça
E faça da tua vida o meu destino
Talvez o meu amor te aborreça
Talvez seja um desatino

Amar demais
Quando amar não é suficiente
Transcende-me isto que sinto
É quase demente….

É tão imenso
Maior que infinito
E tão profundo
Mais do que o mar
É tão forte
Que me faz desejar
até a morte
por ter medo de não suportar
Que um dia possa acabar

E assim humildemente peço
Como se pedir eu ousasse
Que Deus te faça me amares
Tanto quanto eu te amo….

E se Deus um dia me atender
Uma coisa eu juro fazer
Lutar, Amar e Vencer
Para nunca o perder

1 comentário:

Multifuncional disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.